Os moradores das comunidades de São Gonçalo do Rio Acima, Paiol, Tambor e Campo Grande, começaram a definir nesta terça-feira (22), quais serão as ações em conjunto com a MR Mineração para os próximos cinco anos. O plano está dentro do Programa de Educação Ambiental (PEA) desenvolvido pela mineradora nas comunidades.

O encontro teve a presença da coordenadora Ambiental da MR, Cristiane Brant, de Marisa Lacerda, da empresa Convergente, Rafael Motta analista Ambiental da MR, dos atuais participantes que acompanham o trabalho e de novos moradores que demonstraram a força e a credibilidade das ações desenvolvidas.

Os moradores destacaram o sucesso da festividade “Memórias em Sabores”, realizada no mês de outubro e pontuaram ajustes para o ano de 2023.

Em seguida foram formados dois grupos de trabalho para debater quais melhorias podem ser realizadas nas comunidades. “Essa discussão se torna necessária, pois, são com estes temas escritos e debatidos é que a MR, Poder Público e moradores que os trabalhos começam a sair do papel em busca de soluções”, disse Cristiane Brant.